Ligue Agora Cobrimos a concorrência
Contato via WhatsApp

Quais as principais diferenças entre câmbio automático, automatizado e CVT?

Foi-se o tempo em que um carro que troca de marchas sem a intervenção humana era uma exclusividade de modelos de altíssimo luxo. Neste tempo, além de ter muito dinheiro para comprar o carro, era fundamental ter mais grana ainda para uma eventual manutenção. E isso era bem mais comum do que nos dias de hoje. Os equipamentos estão cada vez mais confiáveis, muitos dependem apenas de uma boa troca de óleo de câmbio automático e nada mais. Mas diante de tanta evolução, você saberia diferenciar os principais modelos disponíveis?

Câmbio Automatizado

Esse câmbio foi uma grande revolução no mercado automobilístico. Ele é bem mais barato para ser desenvolvido, pois não tem o funcionamento muito diferente do câmbio manual com a boa e velha manopla de mudança. Ele possui engrenagens e embreagem e para remover o pedal esquerdo do carro, são usados sensores e atuadores hidráulicos que fazem a leitura de velocidade e realizam a troca das marchas como se fosse uma pessoa fazendo. Por esse motivo, tais modelos sofrem com solavancos nas trocas, o que torna o uso não muito confortável. Porém foi o sistema que tirou o pedal da embreagem de carros populares.

Vantagens

Baixo custo de aquisição
Economia frente aos modelos manuais

Desvantagens

Solavancos durante as trocas
Maior necessidade de manutenção

Câmbio Automático

É um sistema mais robusto. É aquele que traz o maior tempo de desenvolvimento por parte da indústria automotiva. E por esse motivo é encontrado em carros mais complexos e luxuosos, portanto, mais caros. Ele não utiliza as engrenagens e embreagem do câmbio automatizado, mas sim usa um conjunto de discos e a engrenagem planetária. Além disso, apresenta um componente famoso: o conversor de torque, que em modelos nacionais antigos costumava ser o calcanhar de aquiles destes câmbios.

Vantagens

Conforto durante as trocas de marcha
Maior Durabilidade

Desvantagens

Maior custo de aquisição
Modelos menos econômicos
Maior custo de manutenção

Câmbio CVT

O câmbio CVT é completamente diferente dos citados acima. Ele não apresenta engrenagens, embreagens e nem nada parecido. Não há trocas de marchas, não há trancos, não há nada além de uma relação praticamente sem fim entre a velocidade do motor e o que é transmitido às rodas. Complexo?

Apesar de parecer, o continuously variable transmission, que em português significa transmissão continuamente variável, é um sistema com duas polias interligadas por uma correia. Uma é ligada ao volante do motor e a outra ao eixo que transmite rotação às rodas. Conforme a rotação do motor aumenta, essa polia varia de tamanho e transmite diferente velocidade. É muito mais confortável que os outros sistemas de transmissão e proporciona maior economia de combustível.

Vantagens

Conforto
Maior economia entre os modelos
Menor custo de manutenção
Excelente durabilidade

Desvantagens

Arrancadas prejudicadas
Maior ruído que os demais
Não se adapta bem aos carros de alto torque

Você sabia que você pode cuidar do seu câmbio automático na Dinamicar Pneus?

A Dinamicar Pneus é o seu autocenter totalmente capacitado para realizar os mais variados tipos de manutenção automotiva. A avaliação do sistema para verificar a necessidade de uma substituição do seu óleo é uma das atividades que realizamos para cuidar do câmbio do seu carro. Marque agora mesmo sua ida a uma de nossas nove lojas e mantenha seu veículo em pleno funcionamento!