Óleo da direção hidráulica: quando trocar?

Foto detalhe de troca de óleo da direção hidráulica | Óleo da direção hidráulica: quando trocar?

As direções eletrohidráulica, elétrica e hidráulica são muito mais confortáveis na hora de dirigir. Quem usa algumas vezes, não quer voltar novamente a dirigir com a direção manual, que exige uma verdadeira musculação do motorista, principalmente para fazer balizas.

Contudo, muitos proprietários de veículos ainda não sabem quando trocar o óleo da direção hidráulica do carro. Por isso, vale ressaltar que o óleo da direção hidráulica precisa ser trocado nas seguintes situações:

  • Em carros que rodaram de 30 mil km a 50 mil km;
  • Se você estiver sentindo que a direção está pesada demais;
  • A cada dois anos de uso, mesmo que a quilometragem citada acima não tenha sido alcançada.

O óleo da direção hidráulica precisa ser substituído para que, nos veículos leves, aqueles que usamos no dia a dia para trabalhar ou que fazem parte das frotas de diversas empresas, toda a estrutura esteja devidamente lubrificada. As peças que formam a direção hidráulica são as seguintes:

  • Reservatório de óleo;
  • Caixa de direção;
  • Tubulação de alta pressão;
  • Tubulação de baixa pressão;
  • Direção tipo pinhão e cremalheira.

Todos estes componentes precisam do óleo da direção hidráulica em dia para funcionarem corretamente.

Por que é necessário trocar o óleo da direção hidráulica?

Manter o óleo da direção hidráulica em bom estado deixa a direção mais leve e é necessário para manter a rotação do volante. Por isso, a cada 30 mil km rodados ou, dependendo do modelo do veículo, a cada 50 mil km rodados, é preciso fazer a troca do fluido.

Essas informações ficam disponíveis no manual do proprietário. Caso esteja em dúvida, basta levar o carro para uma vistoria simples, no sentido de fazer uma manutenção veicular preventiva, na Dinamicar Pneus.

Além de favorecer a rotação do volante e deixar a direção hidráulica leve e confortável, a lubrificação dos componentes do sistema mantém a boa dirigibilidade. Quando todas as peças estão lubrificadas com o óleo da direção hidráulica, a caixa de direção fica mais suave e estável e a direção fica bem mais macia, como o esperado pelo motorista.

Outra função do óleo da direção hidráulica é manter a temperatura interna correta, assim os componentes do sistema de direção hidráulica não sofrem com o superaquecimento. E tem mais uma vantagem em saber quando trocar o óleo da direção hidráulica, pois você vai economizar com peças, que não sofrem o desgaste precoce e, assim, não são necessárias trocas recorrentes dos componentes.

Este tipo de óleo é muito importante, pois proporciona o auxílio hidráulico da caixa de direção e ajuda a controlar a temperatura dos elementos que compõem a caixa de direção. Ele tem durabilidade bem maior do que a do óleo do motor. No entanto, quando vencido, pode causar o desgaste e a quebra de algumas peças.

Qual tipo de óleo da direção hidráulica é ideal para o seu carro?

Existem dois tipos de óleo da direção hidráulica para você escolher, o sintético e o mineral. Os dois fluidos são diferentes, sendo que o fluido sintético tem uma cor esverdeada, enquanto o fluido mineral tem aparência avermelhada.

Aqui, é preciso fazer uma orientação muito importante: os dois tipos de óleo da direção hidráulica, mineral e sintético, nunca podem ser misturados. A maioria dos carros fabricados no Brasil leva o óleo da direção hidráulica mineral, mas, para que não haja erros e possíveis complicações decorrentes de uma escolha indevida, a orientação é checar qual tipo de fluido deve ser usado no seu veículo. Essa informação está disponível no manual do proprietário.

Caso o óleo da direção hidráulica seja invertido, as borrachas que fazem parte da estrutura ficam muito desgastadas. Por isso, fique atento no momento de realizar as trocas!

E se notar algum tipo de vazamento do óleo da direção hidráulica, leve o carro o mais rápido possível para uma unidade da Dinamicar Pneus, loja de pneu no Rio de Janeiroloja de pneu no Rio de Janeiro. Assim, nossos mecânicos poderão avaliar o sistema e diagnosticar qualquer problema mais sério. Entre em contato com nossos especialistas e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *