Ligue Agora Cobrimos a concorrência
Contato via WhatsApp

Entenda o sistema da tecnologia ADAS e como ela pode ser útil no dia a dia dos motoristas

Tecnologia é sinônimo de modernidade, e modernidade pode andar com segurança no trânsito? Claro que sim! Não estamos falando sobre conduzir usando aparelhos eletrônicos, como celulares, tablets, isso está longe de trazer segurança. O que vamos trazer hoje são os avanços tecnológicos, isto é, apresentar uma ferramenta com intuito de ajudar o motorista a preservar a sua vida, a dos passageiros e também a dos pedestres. Esse recurso, tão inteligente, é conhecido como tecnologia ADAS (do inglês Advanced Driver Assistance Systems), ou Sistema Avançado de Assistência ao Condutor. 

O sistema ADAS utiliza softwares, sensores e câmeras que auxiliam os motoristas a conduzir o veículo, respeitando regras de segurança e prevenindo acidentes, por exemplo, ao frear o carro no caso de o condutor não perceber algum obstáculo à sua frente. 

Muitas pessoas ainda não conhecem essa tecnologia, apesar de ela já ter sido implantada no Brasil desde 2016, isso porque no início ela era implantada apenas em veículos premium, no entanto, hoje já está presente em veículos mais simples e as perspectivas de crescimento são ainda maiores para os anos de 2025 e 2026. 

Como funciona a tecnologia ADAS?

As soluções oferecidas pela tecnologia ADAS são muitas — e essenciais — para prevenir possíveis acidentes no trânsito, como, por exemplo: frear o veículo de forma autônoma, alertar sobre mudanças de faixa e corrigir de forma automática (em alguns casos), regular de forma autônoma a velocidade do veículo considerando o carro que está à frente, alertar sobre obstáculos e pontos cegos. 

Também é importante destacarmos que a tecnologia, na verdade, é semiautônoma, pois ainda precisa da presença física de um motorista conduzindo o veículo. Além disso, existem diversos níveis de ADAS, no total são cinco, temos: 

ADAS nível 1

O sistema ADAS nível 1 é um dos mais populares hoje no Brasil, isso porque a maioria dos carros modernos já contam com recursos como: sensores de estacionamento, visão noturna, sensores de ponto cego, reconhecimento de placas de trânsito, alerta de tráfego cruzado traseiro e alerta de colisão dianteira. Nesse nível não há automação na condução, o motorista precisa ter sempre as mãos ao volante. 

ADAS nível 2

Já o sistema de ADAS nível 2 oferece algumas funções extras, como por exemplo, permitir que o motorista tire as mãos do volante; também conta com uma assistente de estacionamento e condução na estrada, oferecendo benefícios como assistência de permanência na faixa, GPS, reconhecimento de placas de trânsito e o sistema autônomo de prevenção de obstáculos, desviando o veículo caso precise. 

ADAS nível 3

O sistema ADAS nível 3 é equipado com um conjunto de câmeras e radares que conseguem detectar obstáculos, veículos ou qualquer atividade na estrada, tanto de curta distância quanto de longa distância. No caso de o motorista se distrair, por exemplo, sair do volante e parar de olhar para a pista, uma unidade de gerenciamento e controle eletrônico assume a direção seguindo as sinalizações, podendo frear e acelerar de forma autônoma. 

ADAS nível 4

No sistema ADAS nível 4, o carro consegue estacionar, encontrar a vaga e voltar para o motorista sozinho, além de conter possivelmente outras das funções ADAS dos níveis1 ao 3, já apresentadas.

ADAS nível 5

No nível 5 ADAS o carro é totalmente automatizado, ou seja, ele possui todas as funções inteligentes integradas em um só veículo. Essa tecnologia, assim como ao nível 4, são mais raras de se encontrar nos carros populares, geralmente são tecnologias de carros premium, ou ainda em desenvolvimento. Contudo, com a chegada da conexão 5G, quanto mais rápida for a maneira de comunicação, mais assertivas serão essas tecnologias e, é claro, mais difundidas.

Entenda quais são os dilemas que envolvem a tecnologia ADAS

Assim como qualquer inovação tecnológica, muitos são os questionamentos acerca de sua capacidade de resposta a diversas situações a que podem estar suscetíveis no dia a dia. Dilemas éticos são analisados, como, por exemplo, o Dilema do Bonde, uma metáfora criada em 1967 por Phillipa Foot. Esse dilema, basicamente, expõe uma situação de um bonde desgovernado que não consegue frear, contudo, à sua frente tem dois trilhos, um reto e outro que ele pode recuar; no trilho reto tem 5 pessoas imóveis que serão atropeladas e no trilho curvo tem uma pessoa imóvel, então a inteligência deve conseguir tomar a atitude correta em meio a essa situação complexa. A pergunta é: uma inteligência ADAS saberia o que fazer?  

Por mais exagerado que possa parecer, o Dilema do Bonde é apenas uma reflexão sobre a capacidade dessas novas tecnologias de tomarem a atitude correta em meio às diversas complicações que possam surgir no trânsito, a inteligência deve ser capaz de ter um bom senso nesses casos, o que ainda é um passo que os cientistas tentam desenvolver nos dias atuais. 

Seu carro possui ADAS?

Seja qual nível for, tecnologias ADAS estão presentes em muitos veículos atualmente e a tendência é que se tornem muito mais populares nos próximos anos. No entanto, é preciso saber que esse sistema precisa de constantes revisões e calibrações para o seu perfeito funcionamento. 

Se você está buscando um auto center completo no Rio de Janeiro, saiba que a Dinamicar possui uma equipe de ponta e os melhores equipamentos para realizar qualquer reparo no sistema ADAS do seu veículo. Afinal, o bom funcionamento dessa tecnologia impacta diretamente na sua segurança, na dos passageiros e na segurança das pessoas que estão fora do carro. Passe hoje mesmo na Dinamicar mais próxima de sua casa ou fale com um de nossos especialistas.