Ligue Agora Cobrimos a concorrência
Contato via WhatsApp

Conheça os tipos de suspensão de carros

Hoje, falaremos sobre os cinco principais tipos de suspensão. Com essas informações, você tem tudo para acertar na escolha do tipo ideal para seu veículo. Confira o artigo e conheça tudo sobre cada um dos tipos!

Suspensão ativa

Diferente da suspensão passiva, a qual o movimento das rodas se comporta de acordo com a superfície do chão em que o carro estiver rodando, a suspensão ativa reage às imperfeições do solo, já que possui sensores que coletam dados da pista e enviam para atuadores, fazendo com que eles hajam de acordo com as imperfeições detectadas.

Esse modelo foi um pioneiro, já que foi o primeiro a utilizar um conjunto de atuadores que, separados, podem exercer movimentos independentes e aguentar variadas cargas de força.

Assim, esses atuadores são capazes de erguer ou abaixar o chassi de maneira isolada para cada roda do carro. Ou seja, o impacto no interior do veículo é reduzido.

Resumindo, a suspensão ativa corrige a movimentação do carro de acordo com as imperfeições da pista, como buracos ou desnivelamento, por exemplo.

Eixo rígido

Esse tipo de suspensão é considerado o mais antigo de todos, empregado até mesmo em carruagens, antes dos automóveis começarem a existir.

Fixadas no chassi, no eixo rígido, as rodas esquerdas e direitas são ligadas em um único eixo. Assim, o movimento de um dos lados afeta o outro (por exemplo, o da esquerda afeta o da direita), deixando mais fácil a perda de contato com a estrada.

Seu custo de produção é barato e resistente, porém é mais recomendado para carros off road e de modelos militares.

MacPherson

O que se comenta sobre esse tipo de suspensão é que ele foi idealizado em 1920, antes de receber esse nome, quando a Fiat fez o registro de uma patente para um novo modelo de suspensão, no qual o amortecedor teria seu papel principal no funcionamento.

Porém, foi na década de 40 que a criação ocorreu, tendo como primeiro carro a usá-la um Ford Vedette.

Apesar de poder ser usada na parte dianteira ou traseira, é mais comum vê-la somente na parte dianteira. Este é um tipo de suspensão independente. Ou seja, se a roda passar por um desnivelamento, só ela será deslocada, não modificando o posicionamento da roda oposta.

Sua construção é simples, usando molas helicoidais, fixadas por um mancal na parte de cima e em uma parte transversal na parte de baixo. Esse tipo de suspensão ocupa menos espaço e deixa o veículo mais leve.

Uma curiosidade é que esse tipo de suspensão é o mais usado nos carros de passeio.

Triângulo duplo

Conhecido também como Duplo A, esse tipo de suspensão também é independente. Possuindo duas formas de braço no formato da letra V, sendo um superior e o outro inferior, ela faz lembrar um triângulo, por isso a origem do nome.

Por ser bastante rígida, ela é a melhor para controlar a estabilidade. Por ser consoante com a forma dos braços, é possível fazer várias alterações no alinhamento durante a aceleração.

Seu calcanhar de Aquiles é a construção, que envolve muitas peças e a necessidade de um espaço muito grande para a instalação.

Multilink

Inspirada no triângulo duplo, a suspensão Multilink é mais avançada e é um dos melhores tipos de suspensão para quem quer ter o controle máximo sobre seu veículo. Ao invés de dois braços, esta faz uso de três ou mais, diferenciando-se, assim, da sua inspiração.

Por possuir mais braços, a Multilink se adapta fácil e rapidamente às irregularidades do solo, garantindo sempre o maior contato de superfície dos pneus com o chão, aumentando os níveis de segurança.

Deixe sempre a manutenção da sua suspensão em dia

Apresentamos aqui alguns dos tipos de suspensão mais famosos. Independente de qual seja o do seu carro, é fundamental fazer a manutenção da suspensão automotiva. Na Dinamicar Pneus, loja de pneus no Rio de Janeiro, você encontrará os melhores serviços de suspensão do estado! Contamos com diversas lojas e profissionais especializados prontos para atender você. Agende sua visita e venha conhecer a gente!