Você sabe qual a função do catalisador de um carro?

Escapamento de um carro soltando fumaça preta | Você sabe qual a função do catalisador de um carro?

O funcionamento do motor automotivo gera diversos gases tóxicos. E essas substâncias vão todas para o meio ambiente, certo? Não. Se você não sabe qual a função do catalisador de um carro, ou sequer ouviu falar dele, saiba: é ele o responsável por transformar os gases tóxicos em substâncias menos nocivas antes de liberá-los pelo escapamento.

Essa pequena peça que fica presa no fundo do carro é tão importante que, no Brasil, existe uma lei que regulamenta e obriga seu uso. Quem não obedece a regra, pode ser notificado e multado. Além de sua função principal, o funcionamento do catalisador pode influenciar, inclusive, no desempenho do motor.

Onde fica o catalisador de um carro

O catalisador tem uma estrutura simples: uma carcaça metálica e uma colmeia composta por substâncias que reagem com os gases tóxicos. A peça, normalmente, fica localizada no fundo do carro, entre o motor e o escape dos gases.

Essa estrutura, no entanto, tem passado por algumas mudanças. Para funcionar de forma mais eficiente, o catalisador precisa estar quente. Por conta disso, as montadoras já produzem alguns modelos de carros com ele mais próximo ao motor. Assim, logo no início da queima de combustíveis o catalisador já atinge a temperatura ideal.

Como funciona o catalisador de um carro

Para entender qual a função do catalisador de um carro, é fundamental saber a parte química que está por trás dele. Ou melhor, por dentro. A queima de combustível produz diversos gases nocivos, como o CO (monóxido de carbono) e o NO (monóxido de nitrogênio).

Esses gases saem do motor e vão para o escapamento do veículo. Antes de ir para o meio ambiente, no entanto, eles passam pelo catalisador, que os transforma em outras substâncias, como o CO2 (dióxido de carbono) e o NO2 (dióxido de nitrogênio), que são bem menos poluentes.

Essa transformação acontece por reações químicas. A colmeia dentro do catalisador é composta, principalmente, por duas substâncias: paládio e molibdênio. Na temperatura ideal, esses elementos químicos reagem com os gases do motor e geram as substâncias menos poluentes.

O catalisador e as implicações em outras partes do carro

O catalisador não é uma peça que funciona isolada das demais. É bom ficar atento, pois seu mau funcionamento interfere em outras partes do automóvel, como no desempenho do motor. Da mesma forma, ele depende do bom funcionamento de outras peças para ser eficiente. O enxofre da gasolina ou o fósforo do óleo podem interferir nas reações químicas.

O prejuízo que o catalisador pode causar ao motor é uma das polêmicas do mundo automotivo. Mas acontece assim: os carros mais modernos possuem dois sensores que medem a quantidade de gases, um antes e outro depois do catalisador. Se a peça estiver funcionando corretamente, haverá uma grande diferença entre as duas medições.

A dimensão dessa diferença é muito importante para o sistema de injeção eletrônica. Ele é automaticamente regulado de acordo com essas medições, injetando mais, ou menos combustível à mistura que vai para o motor. Se o catalisador falhar, o sistema de injeção eletrônica pode fazer seu carro gastar mais combustível.

Manutenção é na Dinamicar Pneus

Agora que você já sabe qual a função do catalisador de um carro, não deixe de fazer a manutenção preventiva, pois todas as partes do seu carro são importantes. Cuidar bem do seu carro também é cuidar do meio ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *