Você sabe o que é longarina automotiva?

Fábrica montando um automóvel | Você sabe o que é longarina automotiva?

Você sabe o que é longarina automotiva? Bom, se não sabe, tudo bem. Você veio ao lugar certo para descobrir. Muita gente não conhece o funcionamento de um veículo a fundo, no entanto, o importante é que está procurando uma forma de tirar a sua dúvida.

A mecânica dos carros é um assunto mais interessante do que as pessoas pensam, portanto, vamos dar uma olhada no que é longarina automotiva e tudo mais o que você precisa saber sobre esse assunto.

O que é longarina automotiva?

A longarina automotiva é um perfil de aço responsável pela resistência estrutural de um carro. Quando um automóvel sofre um acidente frontal, a longarina é a responsável por fazer com que a frente do carro amasse o mínimo possível.

Além disso, quando o carro colide com outro veículo ou alguma outra coisa, a longarina é danificada, portanto, precisa ser trocada. Mas, isso não é um problema, porque ela pode ser retirada e substituída por uma nova.

Rachadura na longarina

Alguns modelos de carros antigos como o Santana ou o Gol costumavam chamar atenção das pessoas pela potência do seu motor e alta capacidade mecânica. Mas, a estrutura desses automóveis não comportava a pressão a qual o veículo era submetido, o que causava torção nos chassis.

Nessa situação, as longarinas automotivas eram quebradas ou rachadas. Então, as indústrias automobilísticas perceberam que era necessário mudar esse parâmetro, e os carros mais novos possuem maior capacidade de torção e, de preferência, com longarinas separadas.

O que fazer para a longarina não rachar?

O que se pode fazer para evitar a rachadura nas longarinas automotivas? Bom, em primeiro lugar, garanta para os chassis, braços antitorção. Esses braços são instalados por profissionais nos amortecedores, mais especificamente nas torres, e evitam as rachaduras no chassi.

Você sabia que arrancadas bruscas com o carro aumentam as chances de rachar a longarina? Sim, isso é verdade. Portanto, evite essas arrancadas com seu automóvel e evite o desgaste das longarinas.

Colocar mais peso no carro do que ele pode suportar também é outro fator que colabora com a indesejada rachadura das longarinas automotivas. Se vai viajar, coloque no porta-malas só o que é necessário. Se vai transportar alguma coisa, verifique e tenha certeza de quanto peso seu carro comporta.

Essas são algumas formas de prevenir que as longarinas se rachem. No entanto, dar uma olhada nelas de vez em quando é sempre bom, por isso, acompanhe o tópico a seguir e entenda melhor como isso funciona.

Faça uma manutenção preventiva

A manutenção preventiva é o que faz com que qualquer motorista evite problemas e gastos de última hora.

Portanto, se você tomar os cuidados necessários para não rachar as longarinas, e ainda levar o seu automóvel para revisão periodicamente, para que ele possa ser visto por um profissional, que irá verificar toda a situação atual do veículo, então, as chances de ter longarinas rachadas são muito menores.

É claro que algumas peças apresentam mais problemas do que outras, e talvez até com uma frequência maior. Mas, garantir que elas estejam em ordem, funcionando bem, faz com que você possa ter tranquilidade ao dirigir o seu carro por aí, o que é ótimo.

Agora você já sabe o que é longarina automotiva. Aproveite as dicas e cuide do seu carro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *