Para que serve a injeção eletrônica?

imagem detalhe de injeção eletrônica de carro | Para que serve a injeção eletrônica?

A injeção eletrônica é um componente muito importante para o bom funcionamento do carro, e, como veremos ao longo deste texto, eventuais problemas podem causar várias dores de cabeça para o motorista. Porém, antes de qualquer coisa, fica a pergunta: para que serve a injeção eletrônica? Antes de explicar, vale a pena você se lembrar do antigo, barulhento e poluente carburador. Mas o que uma coisa tem a ver com a outra?

A injeção eletrônica e o carburador cumprem função semelhante para o funcionamento do veículo: ambos realizam a mistura do combustível com o ar, possibilitando o processo de combustão no carro. A alimentação de combustível é realizada assim nos motores de combustão interna, nos quais a transformação em energia mecânica ocorre dentro da própria unidade motriz. Fazer esse gerenciamento de forma eletrônica faz com que os níveis dos componentes da reação sejam adequados, o que impede efeitos indesejados.

Afinal… O que é a injeção eletrônica?

A injeção eletrônica gerencia esse processo de alimentação de forma eletrônica, o que diminui bastante os índices de poluição do ar. Inclusive, este foi um dos principais motivos para o carburador ter sido substituído por esse sistema mais moderno. Sensores presentes no motor regulam e dosam a quantidade de combustível injetado, além da intensidade da pressão do ar. Tudo isso faz com que a mistura estequiométrica entre estes dois componentes fique mais equilibrada e próxima ao que o motor realmente precisa, o que também contribui para diminuir o consumo de combustível.

A injeção eletrônica, então, pressupõe a existência de um sistema informatizado (software) no motor do carro, o que representou um enorme avanço tecnológico. Os sensores da injeção eletrônica são capazes de fazer a injeção de combustível e a realização da mistura de forma adequada justamente porque baseiam-se em informações processadas de forma computadorizada. Todo este processamento realiza-se por meio do chamado ECM – Módulo de Controle do Motor.

Qual a diferença entre o carburador e a injeção eletrônica?

Os carburadores realizam este processo de forma mecânica, com os sensores atuando de forma praticamente manual. O excesso de poluição do ar causado pelos carros causou grande comoção das autoridades e das montadoras no começo do século XX, tendo vista a alta emissão de gases poluentes pelos carburadores: hidrocarbonetos, monóxido de carbono e óxidos de nitrogênio. Este foi o grande estímulo para o desenvolvimento da tecnologia da injeção eletrônica, que proporciona que a combustão ocorra de forma muito mais inteligente e também econômica. Isso mesmo! Não é só a questão ambiental que fez a troca ser importante: uma melhor regulação da injeção de combustível, como não poderia deixar de ser, também ajuda o motorista no bolso. Vocês se lembram da história dos carros antigos que “bebem” muito, né? O carburador também tem a ver com isso.

Outro benefício da injeção eletrônica é a otimização do desempenho do motor, que acaba tendo uma vida útil maior. Isso acontece porque a mistura entre ar e combustível ocorre de forma muito mais precisa e exata, o que faz com que o processo seja muito mais eficiente. Mas vale reforçar de novo a questão dos gases poluentes: além de prejudicar o meio ambiente, eles também fazem muito mal à nossa saúde. A responsabilidade ambiental é um dever de cada um de nós!

Quais os sinais de problemas na injeção eletrônica?

Feitas todas essas explicações, agora temos que falar sobre os problemas que a injeção eletrônica apresenta e os sinais que ela dá ao motorista de que as coisas não vão bem. Se liga então nos “sintomas” que o carro apresenta!

  • luzes no painel;
  • perda de potência do motor;
  • consumo excessivo de combustível;
  • motor engasgando;
  • forte cheiro de combustível em marchas lentas etc.

Manutenção de injeção eletrônica é com a Dinamicar!

Sendo um componente tão importante para o bom funcionamento do carro, é fundamental o motorista ficar bastante ligado na injeção eletrônica. De preferência, com o foco na prevenção e na revisão, afinal de contas é sempre melhor prevenir que remediar. Caso o carro apresente alguns dos sinais listados acima, procure já uma das nove lojas de manutenção veicular da Dinamicar Pneus, espalhadas pelo Rio e Grande Rio. Nós oferecemos o melhor em manutenção automotiva para você, com serviços de excelência. Venha já para a Dinamicar! Nossa equipe está à disposição para cuidar do seu carro com todo o cuidado e a atenção que ele merece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *