Condições de penus e rodas devem ser verificados

Dinamicar Pneus

Os pneus e rodas do carro devem estar sempre em ótimas condições de uso para a segurança do motorista e dos passageiros. A profundidade do desenho da banda de rodagem dos pneus, mostram a hora certa para a retirada de uso, por isso, devem ser verificados regularmente. Quanto menor for a profundidade restante dos sulcos, maiores serão os riscos de acidentes pela redução de aderência em piso molhado.

Os TWI (Tread Wear Indicators) ou indicadores de desgaste da banda de rodagem, que são filetes de borracha com 1,6 mm de altura, dispostos transversalmente em quatro a oito pontos da banda, permitem a identificação do nível de desgaste. Caso a altura dos gomos se iguale à dos TWI, a profundidade mínima for atingida, o pneu deve ser substituído. Segundo o Contran, por meio da Resolução 558/80, de 15 de abril de 1980, os sulcos não devem ter profundidade inferior a 1,6 mm.

A troca só estará vinculada aos TWI se o pneu estiver em boas condições gerais. Bolhas, cortes ou desgaste irregular podem condenar o pneu antes de atingida a profundidade mínima. O pavimento das vias possuem influência direta na durabilidade dos pneus, bem como o traçado da estrada influi no rendimento. É fundamental dirigir com regularidade e manter velocidades compatíveis com cada tipo de via.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *