Manter o pé na embreagem danifica o carro?

Enviado por Comandante em 31 de Julho de 2020
31 de Julho de 2020
Embreagem | DINAMICAR PNEUS

Algumas das principais dúvidas que os motoristas têm são aquelas referentes à embreagem, elemento que compõe o sistema de transmissão do veículo, responsável por garantir que o motor consiga transmitir potência e torque e, portanto, consiga desenvolver o carro, da primeira à última marcha.

Uma das principais dúvidas é a seguinte: manter o pé na embreagem danifica o carro? É bem comum que, por comodidade, os motoristas mantenham o pedal de embreagem acionado com o veículo parado, especialmente no trânsito ou com o sinal fechado. Isso causa danos ao carro?

Antes de tudo, porém, devemos falar um pouquinho do que é a embreagem e de sua importância para o funcionamento do carro.

O que é e para que serve a embreagem?

O sistema da embreagem, que é acionado quando o motorista aciona o pedal de embreagem (algo bastante frequente na direção porque deve ocorrer nas trocas de marcha), consiste em dois discos que são pressionados um contra o outro, sendo um conectado ao motor e o outro aos componentes que transmitem o movimento ao carro. Ao acionar o pedal, tais discos são separados, diminuindo muito a resistência para a troca de marcha e, consequentemente, viabilizando o desenvolvimento do veículo por meio do sistema de transmissão.

Em veículos com embreagem hidráulica, exerce papel muito importante o fluido de embreagem, responsável por transmitir ao sistema a pressão hidráulica gerada no cilindro mestre. O fluido precisa ser verificado periodicamente, pois sua diminuição de nível traz problemas inclusive para que as marchas sejam engatadas corretamente, além do peculiar cheiro de queimado que surge nessas condições.

Nos carros com transmissão automática (ou câmbio automático), está presente o chamado conversor de torque. Porém, é importante ficar de olho que o câmbio automatizado, ao contrário do câmbio automático, tem, sim, sistema de embreagem, só que não precisa ser acionado pelo motorista pelo pedal e pelo câmbio. Num carro com câmbio automatizado, portanto, depois de certa quilometragem torna-se necessária, por exemplo, a troca do disco de embreagem.

Manter o pé na embreagem faz mal?

A principal situação na qual manter o pé na embreagem pode causar problemas mais sérios se trata da direção em aclives (ou seja, em ladeiras), quando o motorista aciona simultaneamente os pedais da embreagem e de aceleração por um tempo além do necessário. Em situações normais, porém, a margem de dados é bem baixa.

A embreagem é bastante mais exigida nas constantes trocas de marcha no trânsito caótico, no qual o motorista precisa acionar o sistema com uma frequência muito maior, do que quando o condutor mantém o pé no pedal quando o veículo está parado no semáforo, por exemplo.

 

E para os motoristas com câmbio automático?

Uma orientação importante serve para os motoristas de carros com transmissão automática: com o carro parado, deve-se manter o carro em D (drive), pois, após alguns segundos sem o carro se movimentar, as válvulas do conversor de torque se abrem, deixando o câmbio em ponto neutro automaticamente.

Manutenção automotiva é na Dinamicar Pneus!

Na Dinamicar Pneus, a sua loja de pneus no Rio de Janeiro, com lojas espalhadas pela região metropolitana, você pode contar com serviços de excelência em manutenção automotiva, inclusive em todo o sistema de transmissão e, especificamente, no sistema de embreagem. Seja na revisão preventiva ou nos reparos de problemas, nossos experientes profissionais estão à sua disposição para prestar os melhores serviços. Entre já em contato!

Categorias