Confira nosso review do Toyota C-HR, que chega ao Brasil em 2018

Toyota C-HR | Lateral do Toyota C-HR | Confira nosso review do Toyota C-HR, que chega ao Brasil em 2018

Buscando aumentar sua presença no segmento de SUVs no Brasil, a Toyota traz para o país em 2018 o Toyota C-HR, utilitário compacto que promete competir com modelos como o Honda HR-V e o Hyundai Creta. Inicialmente os modelos serão importados da Turquia, pois o plano da montadora japonesa é dar início à produção nacional do C-HR só em 2020.

Como forma de assegurar que o modelo possa ser vendido aqui com preço competitivo (ao contrário do SW4 e RAV4, outros SUVs da Toyota), o C-HR chegará por aqui em sua versão híbrida, com motor elétrico de 72 cv e a gasolina 1.8 de 98 cv, que paga menos impostos e tem incentivos em boa parte do território brasileiro, como a isenção do IPVA em alguns estados e até do rodízio de carros em São Paulo.

Design e componentes

Qualquer semelhança com o Toyota Prius não é mera coincidência. Os modelos compartilham a plataforma modular TNGA (Toyota New Global Architeture), que também será a base para a próxima geração do Corolla. Por isso, tanto o chassi quanto a arquitetura do C-HR (direção, suspensão, freios etc) são muito parecidos com o do Prius.

No entanto, seu design não lembra o do Prius em quase nada. No modelo SUV, destacam-se a curvatura acentuada do teto, o arco das rodas e outros recortes bem marcados, além da robusta coluna traseira. No interior, o acabamento é de boa qualidade, com painel revestido de couro na parte superior atravessado por uma luz linear ambiente em toda sua extensão, até as portas, além de bastante espaço nos bancos dianteiros, entre outros detalhes que garantem uma boa experiência para o motorista. No entanto, o mesmo não se pode dizer do banco traseiro, que é relativamente apertado e só comporta dois passageiros.

Lateral do Toyota C-HR | Confira nosso review do Toyota C-HR, que chega ao Brasil em 2018

Desempenho

O ponto forte do Toyota C-HR é, sem dúvida, o baixo gasto de combustível. Em um trajeto misto de cidade e estrada, o consumo girou em torno de 26 km/l. Este fator foi responsável por alçá-lo ao posto de carro mais vendido do Japão, e pode ser um grande atrativo para o mercado brasileiro.

Quanto à performance, o modelo deixa a desejar em alguns pontos. Em baixas velocidades, o modelo roda apenas com eletricidade, silenciosamente, e usa a energia gerada nas desacelerações e frenagens para recarregar a bateria. No entanto, em subidas ou outros terrenos que exijam mais força, o motor a gasolina entra em cena e, junto com ele, um ruído alto que, além de ser incômodo, não é proporcional à aceleração produzida.

Aqui na Dinamicar, sua loja de pneus no Rio de Janeiro, você encontra pneus
e rodas para diversos modelos de SUV, além de serviços de manutenção automotiva especializada. Se você já está pensando em garantir seu Toyota C-HR assim que estiver disponível no Brasil, pode ficar tranquilo que nós garantimos um serviço de qualidade e o melhor atendimento, além dos melhores preços do Rio. Venha até uma de nossas lojas e comprove!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *