CNH e documentos de licenciamento do carro ganham versão digital

Reprodução da nova CNH Digital | CNH e documentos de licenciamento do carro ganham versão digital

O ano de 2018 promete ser de mudanças na documentação dos motoristas e proprietários de veículos. A primeira delas, a criação de uma versão digital da Carteira Nacional de Habilitação – CNH Digital –, era anunciada e esperada há algum tempo, e já está disponível em alguns estados. A novidade fica por conta da versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), que foi anunciada em dezembro e deve estar disponível até o final do ano. Saiba mais sobre as novas versões dos documentos e como adquiri-las.

CNH Digital

Ser multado por esquecer a carteira de habilitação em casa está prestes a se tornar coisa do passado. Agora, será possível apresentar o documento no seu smartphone. A CNH Digital pode ser acessada e visualizada por meio de um aplicativo, tendo a mesma validade legal da CNH impressa. Até fevereiro de 2018, os Detrans dos 27 estados do Brasil devem estar aptos a emitir a versão digital da CNH. Ela pode ser adquirida por motoristas que já tenham a CNH com QR-Code (emitidas a partir de maio de 2017). Quem ainda não tem, basta pedir 2ª via do documento junto ao Detran, com o custo de R$ 95.

Como fazer a CNH Digital?

Primeiramente, é preciso baixar o aplicativo da CNH Digital, que já está disponível nas lojas de apps da Google e da Apple. Depois, basta se cadastrar no portal de serviços do Denatran, confirmar seus dados junto a uma agência do Detran e solicitar um código de ativação para liberar o uso do aplicativo como sua carteira de motorista oficial.

CRLV Digital

Além da CNH, o certificado de licenciamento também vai ganhar uma versão digital até o fim de 2018, de acordo com uma resolução de dezembro de 2017 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Segundo a mesma resolução, o CRLV digital (chamado de CRLVe) só poderá ser emitido mediante a quitação de quaisquer encargos ou multas de trânsito do veículo, assim como o pagamento do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestres (DPVAT).

Os Detrans de todo o país terão 180 dias para atualizar as informações sobre a quitação dos débitos vinculados a cada carro e implantar o sistema de emissão do CRLVe. O novo documento digital ainda não possui um protótipo ou uma versão de teste, mas o Denatran já trabalha no desenvolvimento de um modelo e deve apresentá-lo em breve.

Aqui no site da Dinamicar, sua loja de pneus no Rio de Janeiro, você acompanha as principais notícias do mundo automotivo, desde temas relacionados a mecânica até questões voltadas à legislação. Siga nossas redes sociais e fique sabendo de tudo antes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *