Os 5 piores carros da História

Logo da Dinamicar Pneus 08 out 2013
Comentar

 
A indústria de automóveis americanas sempre foi tida como a maior do mundo. Muitas vezes ela acertou e ganhou milhares de dólares, como o Ford Fusion Hybrid, já em outras ela errou feio, como o Ford Edsel, um sedan que seria muito mais útil no ferro velho do que na garagem de alguém. Para descobrir estas maravilhosas ideias que se tornaram bombas, vamos relembrar os piores carros da história.
 
Cadillac Catera (2001) – 9.674 modelos vendidos
 

Cadillac Catera

Imagem: Reprodução/Internet


 
Criado para parecer um carro jovem e esportivo, o carro surgiu na mídia com um comercial confuso com a Cindy Crawford conversando com um pato, o que fez com que ninguém soubesse o que exatamente o Cadillac queria dizer. As suspensões eram fáceis de quebrar e caras para consertar, os freios desgastavam com facilidade e uma falha no projeto no tensor da correia dentada tornou o motor propenso a falhas.
 
Pontiac Aztek (2005) – 5.020 modelos vendidos
 
Pontiac Aztek

Imagem: AMC


 
Metade SUV e metade minivan este confuso carro provou que a beleza realmente vem de dentro. Não havia nada de errado mecanicamente falando com o Aztek, mas ele era tão feio que rapidamente se tornou motivo de piada em cada roda de designers de carro no início da década de 2000. O carro ficou conhecido na série “Breaking Bad” por ser o veículo dirigido pelo personagem principal, Walter White. Infelizmente o carro na série era uma metáfora da vida de Walt: Um homem que não conseguiu decidir o que queria ser.
 
The Yugo GV (1991) – menos de 4.000 modelos vendidos
 
Yugo GV

Imagem: Reprodução/Internet


 

O Yugo GV é o que acontece quando você tenta vender um carro desenhado para pobres do terceiro-mundo nos Estados Unidos. Apesar do GV ter aproveitado de um sucesso inicial nas vendas devido o preço baixo, mas o projeto era simplesmente cheio de falhas e não podia ser rentável. Tudo o que podia dar errado com o Yugo, deu: o motor superaquecia aleatoriamente e até (pasme!) parado, o freio quebrava facilmente e até o rádio caia para fora do painel. São tantas falhas que ele foi apelidado como “o pior carro do Milênio” em uma rádio americana.
 
The Lincoln Blackwood (2002) – 3.300 modelos vendidos
 
Lincoln-Blackwood

Imagem: Reprodução/Internet


 

Criada para ser uma pickup de luxo da Ford, ela foi um experimento fracassado. Embora o Blackwood custasse 52 mil dólares, só vinha na cor preta e muitas das coisas que você espera encontrar quando compra uma pickup não eram encontradas, como quatro boas rodas. Como resultado, as vendas do veículo nunca chegaram a competir com o Ford –series e o Blackwood foi parou sua produção após um ano.
 
The Ford Edsel (1960) – 2.848 modelos vendidos
 
Ford Edsel

Imagem: Reprodução/Internet


 
Ford criou o Edsel no início da década de 50 para competir com os carros da GM. Infelizmente, o Edsel nunca conseguiu alcançar o hype que Ford criou para ele. A assinatura do Edsel’s era estilizada demais e a pintura era feia. O “novo” chassi era o mesmo usado pelos carros Lincoln e Mercury, e o preço estava bem acima da concorrência. Três anos após ser lançado, a linha foi varrida para debaixo do tapete e se tornou um dos maiores fracasso na indústria automotiva.
 
Via Forbes

Interessado em nossos produtos ou serviços? Ligue para a DINAMICAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GOSTOU DO CONTEÚDO E DOS PREÇOS? RECEBA COM EXCLUSIVIDADE NOSSAS PROMOÇÕES

Não derrape. Não eviamos spam :)

AINDA NÃO CONHECE AS NOSSAS LOJAS?

encontre a mais perto de você

Conheça as nossas
Redes Sociais

Sempre com Promoções
Exclusivas!

Feriado Consciencia Negra