4 opções de como transportar cachorro no carro da maneira certa

Cachorro preso ao cinto de segurança do carro pela coleira peitoral | 4 opções de como transportar cachorro no carro da maneira certa

O blog da Dinamicar — loja de pneus no Rio de Janeiro — abre, mais uma vez, seu espaço para motoristas apaixonados por seus cachorros. Muita gente não sabe, mas é proibido transportar o pet solto dentro do veículo. Mesmo que eles adorem colocar a cabeça para fora da janela, permitir que eles façam, além de pôr a segurança deles em risco, ainda gera multa e perda de pontos na carteira.

Preparamos este artigo para esclarecer as questões legais envolvidas nesse tipo de transporte e para dar 4 dicas de como levar seu cão para passear de carro da maneira correta. Aqui, você vai entender melhor o que pode e o que não pode nos passeios em família.

Como transportar cachorro no carro

O Código Brasileiro de Trânsito possui dois trechos específicos sobre animais (art. 235 e 252). Além deles, ao dirigir com um cachorro ou outro animal dentro do veículo, o condutor pode ser enquadrado também no artigo 169 do Código. O motorista que infringir as regras pode pagar multas que variam de R$53,20 a R$127,69 e perder pontos na carteira. Confira o que diz a lei:

    • O artigo 235 proíbe o transporte de pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados (multa de R$ 127,69 e 5 pontos na carteira);
    • o artigo 252 veta esse transporte de pessoas, animais ou cargas à esquerda do motorista ou entre seus braços e pernas (multa de R$ 86,13 e 4 pontos);
    • o artigo 169 é sobre dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança (multa de R$ 53,20 e 3 pontos na carteira).

Cintos de segurança

A segurança no trânsito não deve ficar restrita aos motoristas. Muitas pessoas deixam de usar o cinto na parte de trás do carro e fazem o mesmo com os cachorros. Independente do porte do animal, o cinto de segurança deve, sim, ser usado. Existem opções de acessórios que podem ser presos no cinto do banco ou diretamente no encaixe.

Cadeiras e assentos

Para animais de pequeno e médio porte, existem opções de cadeiras e assentos. Elas são semelhantes às cadeiras de criança, mas em formato quadrado ou retangular, e o animal fica todo dentro dela. Isso dá mais conforto para o pet sem deixar de lado a segurança, pois ele é preso ao banco por meio do cinto peitoral.

Grades de proteção

São divisórias de metal que limitam a circulação do animal. Elas costumam ficar entre os bancos dianteiro e traseiro, nas janelas ou no meio do banco traseiro. Apesar de impedir o acesso do animal à parte da frente do carro ou à janela, elas não garantem a segurança.

Caixa de transporte

A opção mais conhecida é a caixa de transporte. Elas são feitas de material resistente e protegem o animal em caso de acidentes ao mesmo tempo em que restringe sua circulação pelo veículo. Em alguns casos, elas são menos confortáveis por conta do tamanho. O ideal é que elas sejam espaçosas e arejadas.

Para dirigir com segurança

Guiar com segurança e responsabilidade é fundamental. Na Dinamicar, você encontra uma série de serviços e produtos para a manutenção do seu carro. Alinhamento, suspensão, balanceamento, revisão do sistema de freios e muito mais. Leve seu veículo em uma de nossas lojas e comprove nosso preço e atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *